Reflex„o

 

 

DA MISÉRIA

À

MISERICÓRDIA

A tentação, por humilhante que seja, é uma ocasião de vitória. "Porque eras agradável a Deus, foi preciso que a tentação te experimentasse" (Tobias, 12, 13) dizia o Anjo a Tobias.
Mesmo a queda, se a lamentamos, fortifica, visto que Jesus tira o bem do mal. Ide a Ele, como à fonte de água viva, tantas vezes quantas for necessário, erguen-do vos cada vez mais humildes e cada vez a transbordar mais de amor confiante.
Se cada pecado for para vós ocasião de beijar com arre-pendimento e confiança a chaga do seu Coracão, esse pecado tornar se á um degrau para subir no Amor. De miséria em miséria, vamos de Misericórdia em Misericórdia.
Já disse como Santa Teresinha compreendeu, viveu e exprimiu esta doutrina, mas volto ao assunto, porque, na verdade, ela foi mestra nela.
Comprazia se em contar pormenorizadamente a Jesus as suas infidelidades, "pensando, no seu temerário abandono, adquirir assim maior império, atingir mais plenamente o Amor d'Aquele que não veio chamar os justos, mas os pecadores".
Escrevia ela à sua irmã Celina:
"Nós queríamos sofrer generosamente, grandemente, Celina Que ilusão! Quereríamos não cair nunca. Que importa, meu Jesus, que eu caia a cada instante? Vejo assim a minha fraqueza e isso é para mim um grande lucro. Deste modo vereis o que eu posso fazer e agora sereis mais tentado a levar me nos braços. Se não o fizerdes, é porque Vos agrada ver me por terra."Celina se podes suportar em paz a provação de não poder agradar a ti própria, darás ao divino Mestre um doce asilo. É verdade que hás de sofrer, porque estarás fora da porta da tua casa, mas não receies: quanto mais pobre fores, mais Jesus te há de amar".

Tendo mostrado impaciência a uma das suas irmãs, escreve ela à Madre Inês: "Eu sinto me bem mais feliz por ter sido imperfeita, do que se tivesse sido, sustentada pela graca, um modelo de doçura. Faz me tanto bem ver que Jesus é sempre tão doce, tão terno para mim. Porque é que Ele nunca ralha comigo"?
Bem depressa tinha reconhecido que, quanto mais a pessoa avança no caminho da perfeição, mais se julga afastada do termo. Por isso se resignava a "ver se sempre imperfeita e a encontrar nisso a sua alegria". E exclamava: "Como sou feliz por me ver imperfeita e por ter tanta necessidade da Misericórdia do Bom Deus no momento da morte". Até nos braços da morte!
(De "Confiar no Amor" - Jean D'Elbée)

 

A PRESENÇA REAL

Jesus está presente na Eucaristia com toda a Sua divindade e com toda a Sua humanidade, ainda que presente " per modum substantiae - ou seja, a modo de substância e não corporalmente extensa - está toda inteira na Hóstia Consagrada: Corpo e Alma e esta última com as suas faculdades de inteligência e vontade. Por isso Jesus, na Eucaristia conhece-nos e ama-nos como Deus e como homem; não é um objecto passivo da nossa adoração, mas está vivo: vê-nos, ouve-nos, responde às nossas preces com as Suas graças de modo que podemos ter com o doce Mestre de que fala o Evangelho, relações vivas, concretas e, embora não sensíveis, semelhantes às que tinham com Ele os Seus contemporâneos. É verdade que na Eucaristia está velada não só a divindade, mas também a humanidade: contudo, a fé substitui vantajosamente os sentidos, substitui o que não vemos nem apalpamos. Sola fides sufficit, "para convencer um coração sincero - canta S. Tomás - basta a fé" (Pange língua). Como Jesus outrora, oculto sob a figura de peregrino. instruía e afervorava o coração dos discípulos de Emaús, assim hoje, oculto sob as espécie eucarísticas, ilumina as nossas almas , inflama-as com o Seu amor e dirige-as para o bem com uma eficácia cada vez maior.
Jesus está ali, na Hóstia Consagrada, está ali como verdadeiro Deus e verdadeiro homem
e, como por nós, incarnou, também por nós Se ocultou sob as sagradas espécies; ali nos espera, nos deseja, sempre pronto para nos acolher e ouvir. E nós precisamos tanto dEle!

(De "Intimidade Divina- N. 201) , 2)

 

 

TESTEMUNHO VIVO


- Não sabia que a minha amiga não era católica!

Conheci-a já há alguns anos. Ao longo do tempo, fui-me apercebendo que não era católica. Pensei que não devia dizer-lhe nada. Quando me convidava para sairmos para algum lado, limitava-me apenas a dizer-lhe que, ao Domingo de manhã, não podia, porque tinha que ir a Missa. Ela ficava a olhar para mim, mas não dizia nada. Quando conversávamos sobre a religião, eu dizia-lhe que não era capaz de ficar sem Missa, mas que nem por isso eu me considerava melhor do que aqueles que não iam. Dava-lhe, no entanto, alguns bons exemplo da prática da minha fé...
Fui-me apercebendo que ela pertencia às "Testemunhas de Jeová" e que chegou a andar pelas portas com a filha mais nova, de 21 anos de idade, que ainda não era baptizada. Entretanto, esta miúda começou a chamar-me madrinha. Aproveitei imediatamente esta bela oportunidade e disse-lhe: Sabes? Para eu ser tua madrinha, tens que te baptizar, então aceitarei com muito carinho e alegria.
Fui insistindo com ela para que frequentasse a catequese na Paróquia, mas...a desculpa: Estou na faculdade, tenho muito que estudar, não tenho tempo...
Entretanto, o meu filho fez o Curso de Noivos, com Missa final para a qual convidei os pais da miúda. Gostaram muito. Por sua vez, eles, um dia, convidaram-me a ir a Fátima com eles. A nossa amizade ia aumentando e eu aproveitava para lhes dar bons conselhos: temos que ir a Missa para buscar as forças, porque, sem Deus, não somos nada...O filho mais velho não queria casar pela Igreja, mas acabou por o fazer, aceitando as minhas palavras. A mãe dele fez a leitura, ficou comovida e dizia: era tão linda a leitura! A sogra, católica, agarrou-se a mim e agradeceu-me muito por tudo quanto eu tinha feito pela nora, pois, esta nunca mais frequentou as reuniões dos Jeovás.
Agora sentia-se feliz ! - Louvado seja o Senhor que busca as ovelhas perdidas!

Uma Celulista

 

Mensagem do Coração de Jesus ao mundo e à sua mensageira, Irmã Josefa Menéndez
(Contin. Do "Cantarei...as Miser." - n. 49)
Bom/Boa leitor/a :
faz destas palavras objecto da tua meditação da manhã! Quanta paz sentirás!

4 . NÃO DUVIDES DE MIM. Diz:
"Coração de Jesus, eu confio em Ti!"
Não duvides das minhas promessas por causa das tuas infidelidades. Isto fere-me profundamente o Coração.
Nunca digas: Quem sabe se me salvarei. Isto fere-me o Coração. Ninguém pode arrebatar uma alma que meu Pai me deu. Eu não vos criei para o inferno mas para o Paraíso.
Não duvides de Mim. Prometes-me? Não me dês tal ultraje. Só Eu compreendo as tuas fraquezas. Não me conheces. Desde que tu te abandones e te refugies em mim, esquecerei os teus pecados. Não duvides do meu amor. A humildade que uma alma que caiu me manifesta atrai mais misericórdia.
Através do Sacramento da misericórdia, confiem na misericórdia de Deus e não temam, porque Eu sou o Deus da misericórdia, do amor, do perdão e de toda a ternura.

5 . NÃO DESANIMES NAS TUAS FRAQUEZAS!
Nunca me cansarei de ti. O meu coração deseja consumir as tuas fraquezas. Não temas. Estou pronto a perdoar-te todas as vezes que fraquejas. Se tu és fraco, Eu sou forte. Sou o fogo que te purifica. Aproxima-te de Mim e deixa-Me purificar-te.
A tua miséria atrai-me, se confiares em Mim e não te apoiares em ti.
Quanto mais te fizeres pequena e confiares em Mim, mais estarei perto de ti.
Quanto mais te considerares miserável e pequena e te abandonares a Mim, mais certeza terás que estou satisfeito contigo. Se fores humilde e me invoc com confiança, servir-me-ei da tua miséria para salvar a tua alma.
Quando um sacerdote, no seu apostolado, se sente incapaz e indigno de ajudar eficazmente as almas e se sente complexado e humilhado, mas recorre a mim, implorando força e coragem, saiba que os meus olhos se fixam sobre ele e tornam fecundas as suas fadigas.
Uma alma escolhida por Jesus não quer dizer que seja libertada dos seu defeitos e misérias. Cairá ainda. Mas, se se humilhar e reconhecer o seu nada e procurar reparar o seu mal, com renovado amor e confiança, apoiando-se em Mim, ela me dará mais glória e poderá obter muitas graças, e até mais do que se nunca tivesse caído.
As tuas misérias não me afastam, mas atraem os meus olhares sobre ti, porque as vi desde toda a eternidade.

Desejo perdoar-te e, por isso, amo-te. Quero fazer conhecer ao mundo que Eu sempre espero pelos pecadores, cheio de amor e misericórdia por eles.
O meu Coração se compraz na tua miséria. Ama-me e sofre pelas almas, sem nada recusar-me.
Apesar das tuas culpas e misérias, servir-me-ei de ti para fazer conhecer a muitas almas a minha misericórdia.
Filha, não te aflijas pelas tuas faltas.
Cairás mais vezes, mas o amor te levantará sempre, pois, o teu Esposo ama-te e te sustém. Ele é o teu Deus de amor.
Não olhes para a tua pequenez e a tua insuficiência; Eu serei a tua força e o reparador da tua miséria. Dar-te-ei a coragem para tudo o que Eu te pedir para sofreres.
Pouco me importa a queda no pecado, se o pecador ouvir logo a minha voz e não recusar levantar-se quando eu o ajudar, pois, se ele cair e se humilhar, confiando em Mim, Eu o levantarei. O meu sangue apaga tudo, se tu te abandonares a Mim. Olho-te com amor, embora caído, se te levantares logo.
Eu não separo as almas, mesmo carregadas de pecados mais graves, daquelas outras almas que amo com predilecção. Guardo-as no meu Coração. Não pensem que nunca mais serão amadas e que não haverá mais remédio para elas; estes não seriam sentimentos de Deus.
Se não tiveres que misérias e fraquezas, oferece-mas com confiança.. Perdoo, amo-vos e vos santificarei. Corro atrás dos pecadores não para os castigar, mas para os perdoar.
Se caíres, Eu te levantarei. Confia sempre em Mim. Eu perdoo sempre ao humilde, se ele se refugiar no meu Coração.

6 . NÃO TE PERTURBES PELAS TUAS MISÉRIAS
Tu sofres as mesmas fraquezas, mas eu sou o mesmo: sou a misericórdia, a bondade, o amor.
O Meu Coração não se serve só dos teus méritos, mas da tua humildade, reconhecendo-te miserável e frágil.
O demónio perturba-te porque vê em ti, no meu perdão, um rio de almas arrastadas pela misericórdia.
O Meu Coração sente-se glorificado em perdoar; poder perdoar, é a Minha alegria!
Depois da queda, afasta a tristeza; põe no Meu Coração a tua fraqueza e fortifica o teu propósito. Por um acto de louvor, perdoo uma existência de delitos.
Digo-te outra vez: se caíres, dá-me um acto de amor mais ardente e segue o caminho do amor que alegra o Meu Coração e torna preciosa a alma.
O meu Coração deixa-se subjugar pela miséria, quando humildemente te abandonas a Mim.
Ama-me na luta
e, depois das quedas inevitáveis, experimenta a não te deixar inquietar.
Sinto tanto gosto em ver-te lutar e, se caíres, ver-te levantar, dizendo todas as vezes: Amo-Te ainda, Jesus; oh, sim! Eu amo-Te". Tu sabes tudo, Tu sabes que eu Te amo!
Tenho sede de almas; quero salvá-las. Não quero lembrar os teus pecados, misérias e resistências; só tenho presente os teus desejos.

FESTEJEMOS O NOSSO DEUS QUE SE FEZ MENINO POR NOSSO AMOR !
ALEGREMO-NOS!
PARA TODOS OS NOSSOS AMIGOS E BENFEITORES
ENVIAMOS
VOTOS SINCEROS DE UM SANTO E FELIZ NATAL !

 

MILAGRES EUCARÍSTICOS

ANO DE 1264
Um Sacerdote da Boémia continuava atormentado com dúvidas sobre a realidade do milagre da transubstanciação do pão e do vinho no Corpo e Sangue de Jesus. Chegado a Bolsena (Itália), celebra a Missa no altar de S. Cristina, sempre com as mesmas dúvidas. Acabada a Consagração, o Preciosíssimo Sangue começa a transbordar, derramando-se sobre a toalha, o sanguíneo e o pavimento. Assustado, vai ter com o Papa Urbano IV, a Orvieto, onde se encontrava nesse tempo, o qual lhe manda trazer o Corporal, manchado de Sangue de Jesus.
O Corporal é guardado ainda hoje numa grande custódia de 1,50 m. de altura e com 135 Kg. de prata, e é levada todos os anos na procissão do Corpo de Deus.

ANO DE 1453
Em Exille (Itália), um ladrão rouba uns vasos sagrados, entre os quais um custódia com a Sagrada Hóstia. Mete tudo num saco e, com uma mula, foge para Turim.
Chegado diante da Igreja de S. Silvestre, a mula pára. O homem enerva-se e bate no animal. Entretanto o saco cai ao chão, a Custódia sai do saco e fica suspensa no ar. O povo corre e grita: milagre, milagre!
O Arcebispo de Turim vai, em procissão, ao lugar; a Custódia, suspensa no ar, abre-se e cai ao chão, ficando a Hóstia suspensa sozinha no ar, no meio de uma grande luz. O Arcebispo manda trazer um cálice e, levantando-o no ar, pediu a Deus que desça outra vez para o Seu povo e a Hóstia desce devagarinho no cálice!
No mesmo lugar, surgiu uma basílica em honra do Santíssimo Sacramento.

"Oh, se os pecadores conhecessem a Minha Misericórdia, não se perderiam em tão grande número! Diz às almas pecadoras que não temam aproximar-se de Mim. Fala-lhes da Minha imensa Misericórdia" (S.Faustina-D-1396).

 

NOTÍCIAS

1 - Foi nos dias 17 e 18 de Setembro p.p. que se realizou mais um encontro de formação de raparigas, na nossa casa de Lisboa. Algumas jovens vieram até de longe, do Porto. Tinham desejo de se encontrar mais uma vez com as suas amigas e, sobretudo, de se alimentarem espiritualmente para o novo ano lectivo que começava. Foi o que aconteceu!

2 - No dia 8 de Dezembro, Festa da Imaculada, a Maria da Conceição entrou neste nosso Instituto dando início ao ano da "Etapa do Conhecimento" (ou Postulantado). Foi um dia de grande alegria espiritual para ela, que decidiu querer descobrir o chamamento de Jesus para a Vida Consagrada, e para os seus familiares, missionárias e amigos. - O sentimento de gratidão para o Senhor, que a escolheu, estava vivo no coração de todos eles!
Que a Virgem Maria a guie para Jesus.

3 - Lembramos que todos os QUARTOS DOMINGOS DE CADA MÊS realizaremos sempre a Celebração da Divina Misericórdia, exceptuado o mês de Dezembro, por ser Dia de Natal.

4 - É para todos : RETIRO ANUAL DA QUARESMA.
Tome nota na sua agenda: De 03 ( Sexta Feira, com o jantar) a 05 (Domingo, com o almoço) de Março 2006, realizaremos o Retiro da Quaresma na Casa de Retiro de Nossa Senhora das Dores do Santuário- em Fátima, para toda a gente: jovens e adultos, homens e mulheres.
Será orientado pelas
Missionárias e pelo Sr. Pe. Júlio Gritti, scj.

Quem precisar de mais informações, poderá obtê-las pelo:
Telf. 214370377
Tlm. 960064389
Email: mamcj.massama@clix.pt

 

NOVA EVANGELIZAÇÃO


Todos sabemos que, de 05 a 13 de Novembro p.p., se realizou, no Patriarcado de Lisboa, o Congresso da Nova Evangelização.
Irmão/ã, estamos certos de que, estando presente fisicamente na "Festa da Luz, em Lisboa, ou espiritualmente, pela televisão, te sentiste tocado: Deus fez-se Homem em Maria Virgem, já há dois mil anos, e a maior parte dos homens ainda não o sabem; outros O esqueceram... Mas CRISTO ESTÁ VIVO e quer viver no coração de todos por meio de ti.
Irmão/ã, é Natal! Não deixes apagar a chama de amor que ardeu no teu coração naquela semana. Diz a todos, com o testemunho da tua vida e com a tua palavra: "O PAI MISERICORDIOSO ENVIOU O SEU FILHO PARA NOS SALVAR; APROVEITEMOS A SUA BONDADE"!

IRMÃO/Ã, EVANGELIZA

É O MELHOR PRESENTE DE NATAL QUE PODES OFERECER A JESUS E AOS IRMÃOS!
- Onde há alguém sofrendo o frio da solidão,
Tu és preciso aí!
- Quando alguém já não sente esperança no coração
Tu és preciso aí!
- Onde há alguém sem rumo porque perdeu a fé,
Tu és preciso aí!
- Quando alguém não conhece Jesus de Nazaré,
Tu és preciso aí!
DIZ: Eu irei, eu irei, eu irei, eu
irei !

- PAI, Mãe, se um dia uma vossa filha ou filho vos pedir para se consagrar a Jesus na vida missionária, alegrai-vos e agradecei ao Senhor por se dignar escolhê-los para o Seu serviço. Abri-Lhe as portas!!! Falai connosco!

 

"CANTAREI... AS MISERICÓRDIAS"

Boletim Formativo e Informativo - Publicação trimestral - Outubro-Dezembro 2005 - nº.50
Redacção, Adm. e Prop.: Missionárias do Amor Misericordioso do Coração de Jesus (MAMCJ)
Rua Prof. Dr. Sousa Martins N.4 - R/C - A - MASSAMÁ - 2745-848 Queluz - PORTUGAL
Tel. 21 437 03 77 - Email: mamcj.massama@clix.pt
Directora e Editor: Mª Helena Vicente Lopes -
Composição e Impressão: Serviços Privativos das MAMCJ - Preço 0,50 Euro
Registo de Imprensa n.º 120872/ ICS