Notícias da vida do Instituto

 

1. 27 de Abril de 2003

Foi a Festa anual da Divina Misericórdia! Alguém dizia: nunca se viu a Igreja de Nossa Senhora do Loreto (Lisboa) tão cheia como nesse dia. E é verdade! Às 14h30 os bancos já estavam todos ocupados. Às 15h.00, início da Celebração, já não havia espaço! Realmente, a Misericórdia do Senhor atrai os corações!
A devoção dos fiéis era impressionante. Viviam compenetrados aquela Missa e a Adoração Eucarística que se seguiu. Os cânticos devotos, as reflexões e as orações apropriadas das Missionárias tocavam os nossos corações... Aquelas 3 horas de oração penetraram no nosso íntimo, chamando-nos à conversão e à confiança no Senhor.
No fim de todo este tempo, a nossa fé explodiu com uma grande salva de palmas, para agradecer-mos a Bênção Eucarística que Jesus acabava de nos dar, antes de se retirar para o Sacrário. A comoção era geral!
Muitas foram as pessoas que nos vieram agradecer, prometendo voltar para o próximo ano, trazendo mais “Irmãos Pródigos” e outras pessoas, para louvarmos juntos a Divina Misericórdia.


2. Peregrinação Dehoniana a Fátima

Também este ano, no dia 1 de Junho, realizou-se a grande Peregrinação Dehoniana a Fátima, comemorando o 125º aniversário da fundação da Congregação dos Sacerdotes do Coração de Jesus. As mais de 2000 pessoas que participaram nesta peregrinação, na parte da tarde juntaram-se no Centro Pastoral Paulo VI, onde apreciaram as diversas e ricas peças teatrais apresentadas por grupos de jovens das várias paróquias e seminaristas dehonianos.
Às 17h30 fomos todos para o Santuário para encerrarmos a nossa peregrinação com a Procissão do Santíssimo.
Nossa Senhora do Rosário de Fátima e o Venerável Padre João Dehon abençoem toda a Família Dehoniana!

3. Encontro-Retiro de raparigas em Fátima

De 17 a 20 de Abril (Tríduo Pascal) um grupo de raparigas, orientadas pelas MAMCJ, juntaram-se numa revisão de vida espiritual. O contentamento foi geral... e entusiasta, como manifestam os testemunhos que nos chegaram.
Bem hajam! Desejamos-lhes frutos abundantes!...

4. Mais duas finalistas: Sandra e Tania!

No passado mês de Maio, tivemos a alegria de acompanhar na bênção das “Finalistas” mais duas nossas Missionárias:
A Sandra terminou o Curso Profissional de Animadora Sócio Cultural;
e a Tania, a Licenciatura em Línguas e Literaturas Modernas, variante Português – Inglês.
PARABÉNS! Que a cultura que adquiristes, nestes anos, seja sempre utilizada a serviço de Jesus Misericordioso e dos “Filhos Pródigos”!


5. Irmã Maria Imelda Franco

A 25 de Março de 2003 a Ir. Imelda partiu para o Céu! Depois de cerca de três semanas de internamento no Hospital “Cruz de Carvalho” do Funchal, não aguentando a operação, faleceu. Tinha nascido em Machico, na Ilha da Madeira, a 11 de Julho de 1916.
Quem era? Atrevo-me a responder: era “uma Santa”!
A 2 de Fevereiro de 1938, entrava na Congregação das Irmãs Franciscanas de Nossa Senhora das Vitórias, no Funchal. Jesus Eucaristia foi sempre a sua grande paixão. Escreverá ela: «Foi aí (no Convento de S. Bernardino) que senti, pela primeira vez, uma “Atracção Especial” para Jesus na Eucaristia... Nesta altura fiz a opção de fazer tudo por amor, para reparar Jesus».
«Noutra Presença Especial, Jesus fez-me compreender que este amor reparador exige uma grande renúncia a si mesmo, um aniquilamento do eu em favor dos outros, de maneira que é preciso que as almas saibam que Jesus é tudo e quer dar tudo... Sentia necessidade de me unir a outras almas que tivessem o mesmo ideal para, juntas, formarmos um amor mais forte...»
Não é de admirar que, na sua caminhada espiritual, chegasse, mais tarde (no Natal de 1952), a fazer o «Acto de oferecimento de mim mesma, como vítima de holocausto ao amor desprezado do nosso Deus infinitamente bom».
Nestes últimos 10 anos, tivemos a graça de nos encontrar muitas vezes com ela, de ouvir e gravar as suas palestras tão singelas, espirituais e profundas. As nossas casas de Massamá e de Lisboa falam-nos da querida e humilde Irmã Imelda, pois, até as paredes no-la recordam com os lindos quadros que ela própria pintou, tratando temas relativos à Divina Eucaristia e ao Bom Pastor.
Que ela agora, lá no Céu, se lembre de nós e nos leve para o Coração Eucarístico de Jesus. Bendito seja o Senhor nos Seus Santos!
P. Júlio, scj


6. Superior Geral SCJ

Reunidos em Roma, em Capítulo Geral, os Sacerdotes Dehonianos elegeram o seu Superior Geral no dia 27 de Maio. É português, natural da Ilha da Madeira e ainda não tem 50 anos de idade: é o Sr. P. José Ornelas de Carvalho, que era o Superior Provincial dos Dehonianos desde o ano 2000.
As MAMCJ, unidas à grande Família Dehoniana, desejam ao Sr. Pe. Ornelas os melhores votos no serviço de animação e governo da Congregação dos SCJ.

 





© MAMCJ 2003- Todos os direitos reservados